Image

DIRETORES DA FENASPEN E RODRIGO MAIA CONVERSAM SOBRE A PEC DA POLÍCIA PENAL

20/02/2019 01:03:38  

Em articulação política, o presidente da Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários (Fenaspen), Fernando Anunciação, e lideranças sindicais, costuram apoio para a aprovação da PEC 372/2017, e a inclusão dos agentes penitenciários do país nas mesmas regras e critérios de aposentadoria especial, com tratamento isonômico das carreiras policiais.

Na terça-feira (19), o presidente da Câmara Federal deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebeu em seu gabinete o presidente da Fenaspen Fernando Anunciação, o presidente do SindSistema Penal RJ Gutembergue de Oliveira e dois inspetores penitenciários do Rio de Janeiro. No encontro o presidente da Câmara confirmou que a pauta da PEC 372 (Polícia Penal), deverá ser tratada após o Carnaval.

Diante da renovação da Câmara de Deputados em mais de 40%, a Fenaspen intensificou os trabalhos de convencimento dos novos parlamentares na busca do apoio necessário à aprovação da PEC da Polícia Penal e, também, à inclusão da categoria nas mesmas regras e critérios da Reforma da Previdência, com tratamento isonômico com as outras forças da Segurança Pública.

Nesse sentido, diretores da Fenaspen, dirigentes sindicais e agentes penitenciários da base de vários estados do Brasil estiveram unidos em ação nos corredores e gabinetes da Câmara Federal, em Brasília.

 

Participaram dos trabalhos dessa terça-feira, o presidente da Fenaspen  - Fernando Anunciação; o presidente do Sindasp-PE João Carvalho; Reivon, Jorge,Irisvaldo, Carlos Magno, e Eliandro – do Sinspebe–BA; o presidente do SindSistema Penal RJ Gutembergue de Oliveira; Hilda – do Sindspen-MT; Carlinhos do Sindasp-MG; Ronaldo - da Fenaspen RO; Wilker, Juan, Nunes e Itamar – do Sindaspes-ES; e Carlos Alberto e Alan - do estado do Amapá.

 

O presidente Fernando Anunciação fez a entrega de uma placa da Fenaspen em homenagem ao presidente da Câmara deputado Rodrigo Maia.

 

TRABALHO INCANSÁVEL

Foram realizadas reuniões com os deputados: Zé Neto (PT-BA); Carlos Veras e Marília Arraes (PT-PE); Augusto Coutinho (Solidariedade-PE); entre outros.

Para a quarta feira (20), foram agendadas reuniões com o deputado André de Paula (líder do PSD-PE), e com o deputado Weliton Prado (PROS-MG). O objetivo é pautar a PEC da Polícia Penal para votação do plenário. O deputado Rodrigo de Castro (PDSB-MG) já declarou seu apoio. O presidente do SindSistema Penal, Gutembergue de Oliveira conversou com a deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ), e o deputado Alexandre Frota (PSL-SP), além de outros parlamentares da bancada do Rio de Janeiro. O trabalho prossegue na semana que vem em Brasília, com reuniões agendadas com outros deputados e revezamento dos dirigentes sindicais do país.

 

BOX

Os inspetores penitenciários Cesar Dórea e Haroldo Paixão, da base do Rio de Janeiro, estiveram presentes no encontro. Embora ambos tenham sido concorrentes da atual diretoria eleita no último pleito de eleições sindicais, e se mantenham em lados opostos aos legítimos representantes sindicais do Rio de Janeiro na política de condução da categoria, o grupo se uniu para chegar ao presidente da Câmara Federal, o deputado Rodrigo Maia, responsável por pautar a PEC 372, bem como, responsável por conduzir os trabalhos da Reforma da Previdência.

“A política se faz com a grandeza de deixar de lado as diferenças políticas-ideológicas e conduzir-se a favor de interesses maiores, quais sejam, representar os inspetores penitenciários do Rio de Janeiro, e do Brasil, com nobreza e honra, independente de divergências outras”, instruiu Gutembergue.