Image

Inspetor Penitenciário assume a pasta da SEAP RJ

03/01/2019 02:23:20  

EM MOMENTO DE TRANSFORMAÇÕES HISTÓRICAS NO PAÍS, PELA PRIMEIRA VEZ UM INSPETOR PENITENCIÁRIO ASSUME O COMANDO DA SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA.

 

O inspetor penitenciário André Cáffaro Andrade foi o escolhido pelo governador Wilson Witzel para assumir a pasta.

Desejamos que as profundas transformações que se avizinham na Segurança Pública seja o momento em que o inspetor penitenciário terá de vez o reconhecimento de sua imprescindível e indelegável função na Segurança Pública. Também em reverência a tantos quantos deram suas vidas e tombaram no exercício da função investida pelo Estado, ao enfrentar rebeliões, promover a mediação de conflitos inerentes ao aprisionamento do qual também é afetado, ou ainda, ao serem reconhecidos nas ruas em razão da relação diuturna de convivência que mantém com todo tipo de criminosos nas penitenciárias e cadeias do país, custodiando e mantendo atrás das grades toda sorte de criminosos para que a população tenha um pouco mais de paz e segurança no mundo livre.    

 

A POSSE DO GOVERNADOR E SEU STAFF

O Governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, recebeu das mãos do ex-governador em exercício, Francisco Dornelles, a faixa de governador do Estado. A transmissão de cargo foi oficializada por volta das 15 horas, em cerimônia simbólica no Palácio Guanabara, nas Laranjeiras. Antes, Witzel passou em revista a guarda palaciana.

 

No discurso de posse na tarde dessa quarta-feira (02-01-19), o governador fez questão de pontuar que irá resgatar tradições, em respeito aos ancestrais que um dia lutaram por nós e sonharam com a continuidade ao trabalho de construção da nossa sociedade. Witzel lembrou dos muitos servidores públicos que deram suas vidas “usando uniforme azul” em referência à Polícia Militar. Citou também os Bombeiros Militares, os policiais civis, e “os que vestindo a camisa do governo tombaram para que outros pudessem viver”, disse.

Ciente dos desafios que terá de enfrentar, o governador Witzel se comprometeu em reduzir custos para aumentar a qualidade dos serviços públicos prestados à população, além de respeitar os tributos fruto do suor dos trabalhadores.

“O governo que se inicia tem um compromisso absoluto com o dinheiro público”, afirmou Witzel. Na Segurança Pública o governador assumiu a responsabilidade de reorganizar a pasta. “Enfrentando com coragem e com conhecimento do Direito Penal e do Processo Penal de que o crime organizado não pode mais estar com a liberdade que hoje dispõe de portar armas de guerra, fazer refém a sociedade e ser tratado de forma romântica como sujeitos que não tiveram oportunidade”, ponderou. Witzel reiterou que vai contar com as instituições religiosas porque ninguém governa sem a fé. “Com base na Constituição e nas leis, mas é na fraternidade, é o carinho, o calor humano, que torna a sociedade melhor e mais progressista”, afirmou.

 

“A vida deve ser preservada, mas a vida do homem decente. Aquele que pega em armas e chama para si a guerra, a guerra deve ter, e não admitiremos a sociedade refém do crime organizado. Como terroristas serão tratados. Quem está de fuzil na rua é uma ameaça e como tal deve ser abatido”,  avisou Witzel.

Ele acrescentou que, formalizará ao ministro da Justiça, Sérgio Moro, um pedido para federalizar uma unidade prisional do Rio e mais rigor nas penas a chefes do tráfico.

Ao final do discurso, Witzel e o vice-governador Cláudio Castro empossaram os novos secretários do governo. A cerimônia de posse contou com a participação de representantes de várias religiões para a benção ecumênica ao estado. Estiveram presentes o babalorixá Ivanir dos Santos, o rabino Yossef Simonowits, o pastor presidente da Igreja Batista Atitude Josué Valandro de Oliveira Jr e o cardeal arcebispo do Rio de Janeiro Dom Orani Tempesta, que encerrou a cerimônia ecumênica com a oração do Pai Nosso.

 

   

Foto oficial do governador Wilson Witzel e sua equipe de secretários de Estado.

Fotos e texto Ascom SindSistema

Diretora de Comunicação Isap Elisete Henriques