Image

Inspetoras Penitenciárias apreendem drogas com gestante

08/03/2018 12:27:51  

 

Na manhã da quarta-feira (7), véspera do Dia Internacional da Mulher, as inspetoras penitenciárias Vanessa e La Rúbia realizavam mais um árduo dia de trabalho de revista na Portaria do Instituto Penal Plácido Sá Carvalho quando lograram êxito na apreensão de 295 papelotes de material entorpecente. Apreensões com visitantes que adentram o Complexo Penitenciário de Gericinó são uma constante e já fazem parte da rotina dos inspetores. No entanto, o que chama a atenção é que além do material ilícito ter sido encontrado na posse de uma mulher grávida de quase nove meses, do primeiro filho, o material estava etiquetado para ser comercializado entre os presos e trazia a seguinte inscrição: “100% Prazer. Mulher do Brabo” (sic).

A visitante foi presa em flagrante pelas inspetoras penitenciárias e levada para lavratura de Ocorrência Policial, mas passou mal e teve que ser socorrida. Levada ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, a gestante delinquente ficou internada sob a custódia das inspetoras penitenciárias até 1 hora da madrugada quando enfim uma guarnição da Polícia Militar assumiu a escolta. A carteira de visitante foi recolhida, mas muito provavelmente ela será liberada na Audiência de Custódia para responder em liberdade. Enquanto isso as servidoras seguem enxugando gelo no trabalho que inclui socorrer grávidas que tentam atrapalhar o trabalho de custódia e vigilância realizado nas unidades prisionais.

O Sindicato parabeniza as inspetoras que realizaram a apreensão e que, mesmo sem o reconhecimento constitucional da função policial que exercem, prosseguem no importante trabalho de viabilização da pena daqueles que foram condenados pela Justiça, e mesmo assim, ainda contam com a ajudinha de pessoas do mundo livre para perpetrarem suas atividades criminosas.