Image

‘Carcereiros’ dá voz a personagem esquecido dos presídios, com ‘herói do cotidiano’

09/06/2017 21:02:04  

Série com Rodrigo Lombardi, que chega nesta quinta ao Globo Play, mescla ficção e relatos de agentes que estão entre presos e polícia. Para diretor José Eduardo Belmonte, trama pode ajudar a 'pensar sociedade de forma mais horizontal'.

Entre presos e policiais, há um personagem cuja voz ecoa bem menos pelas cadeias do Brasil - e principalmente fora delas. Os agentes penitenciários, muitas vezes esquecidos nas discussões sobre o sistema prisional, guiam a trama de “Carcereiros”, série que chega nesta quinta-feira (8) ao Globo Play, plataforma digital de vídeos da Globo.

A trama em 12 episódios - todos disponibilizados de uma vez na internet - acompanha o dia a dia de Adriano (Rodrigo Lombardi), agente que vive entre as grades e a liberdade. Ele precisa lidar com os riscos da profissão e, ao mesmo tempo, com as cobranças da mulher, Janaína (Mariana Nunes), a adolescência da filha, Lívia (Giovanna Ríspoli), e a relação com o pai, Tibério (Othon Bastos).

O G1 conversou sobre a criação da série com o diretor José Eduardo Belmonte, os autores Marçal Aquino, Dennison Ramalho e Fernando Bonassi, e o médico e escritor Drauzio Varella, responsável pelo livro na qual a história é livremente inspirada. Para Belmonte, o protagonista pode ser comparado a qualquer brasileiro, "sempre resolvendo problemas”. Ele explica:

“Como ele, o brasileiro médio vive sob pressão, desde quando sai para o trabalho. É uma hora de trânsito, transporte superlotado, tem que cuidar da família e não deixar o dinheiro faltar. Digo que ele é o herói do cotidiano.”

E Adriano é um herói clássico: determinado, íntegro e avesso à violência - seu superpoder é a palavra, define o diretor. Mas sua moral é desafiada todos os dias em um universo cheio de conflitos. “Não tem como ser impoluto em um ambiente desses, em que toda hora você se depara com dilemas éticos. A ideia é que ele vá sendo contaminado, mas ainda tente manter sua integridade. Ele parte do princípio, que é muito contemporâneo, de fazer a sua parte”.

 

O ator Rodrigo Lombardi no set de 'Carcereiros', série que chega nesta quinta (8) ao GloboPlay (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)