Em Reposta à Noticia Veiculada no Jornal EXTRA, Sobre Suposto Envolvimento de Servidores da Cadeia P

Em reposta à noticia veiculada no jornal EXTRA, sobre suposto envolvimento de servidores da Cadeia Pública Bandeira Stampa, o Sindicato dos Servidores do Sistema Penal do Rio de Janeiro vem de forma veemente refutar as acusações da forma como noticiada.
A notícia baseia-se em acusações de um preso cujo comportamento nunca foi condizente com as normas disciplinares. É sabido que o preso buscava de toda forma conseguir regalias para cumprir a prisão, o que sempre fora negado pela Direção daquela Unidade.


Uma acusação dessa natureza, sem base probatória, de cunho claramente vingativo e com o propósito de difamar e caluniar servidores deve sim ser investigada. Porém, tratá-la como um juízo antecipado de culpa é, no mínimo, dar lastro àquele que se julga amparado num “poder paralelo” de miliciano, como alguém capaz de subjugar às suas vontades (pela força ou pelo dinheiro) servidores com excelente reputação na categoria.


Pensamos que o afastamento dos servidores tenha o cunho de preservá-los para que, de fora do cargo, possam exercer a plenitude de defesa diante dos órgãos competentes. Porque, em se tratando da categoria, quem os conhece e teve a honra de trabalhar com eles, sabe que acusações dessa natureza são ‘ossos do ofício’ e, portanto, incontestavelmente levianas.