Image

SindSistema na busca de soluções.

04/11/2019 22:00:05  

 

Desde o dia 3 de maio de 2019, quando o governador Wilson Witzel anunciou o aumento imediato de 45% para o Regime Adicional de Serviço (RAS) de inspetores penitenciários, a diretoria do SindSistema busca informações sobre o cumprimento da promessa feita também a outras categorias da Segurança Pública. Foi divulgado pelo Governo que o reajuste seria pago a partir de sua publicação, retroativo ao dia 3 de maio. No entanto, até a presente data isso não aconteceu. A Seap chegou a fazer um remanejamento interno para a readequação e validação dos novos valores, já que o Governo está sujeito às limitações da Lei 159/2017 do Regime de Recuperação Fiscal.

 

Segundo declarou à época, Witzel disse que a ação tinha por objetivo prestigiar a categoria de inspetores penitenciários. O secretário de Administração Penitenciária, Alexandre Azevedo também comemorou a iniciativa como valorização que o Governo do Estado estaria imprimindo à categoria de inspetores penitenciários, em reconhecimento aos serviços prestados e apresentação de resultados no trabalho desenvolvido.

 

Promessa de novos valores do RAS

Foram prometidos os seguintes valores aos agentes penitenciários na escala de 12 horas no RAS: Nível A, de R$ 375 para R$ 555,16; Nível B, de R$ 300 para R$ 444,12 e Nível C, de R$ 225 para R$ 333,09.

A diretoria do SindSistema Penal RJ foi informada pela chefia de gabinete da SEAP que o Secretário Alexandre Azevedo de Jesus tem agenda marcada com o Secretário da Casa Civil e Governança na terça-feira, dia 05/11, para tratar de assuntos relacionados à pasta e que trará as respostas para a categoria em uma reunião com a Diretoria sindical.

Na quinta-feira (31), o presidente do SindSistema Penal RJ, Gutembergue de Oliveira, e o diretor de Defesa de Classe, Marcos Ferreira de Lima, estiveram na Alerj buscando canais de interlocução com o Governo, para resolução de demandas como o reajuste do RAS e a liberação da Progressão da Carreira dos Inspetores Penitenciários, entre outras pautas.